segunda-feira, 20 de setembro de 2010

quem quer voar ?

Me pergunto se a liberdade realmente existe. Pois parece que tudo nos aprisiona hoje em dia, os nossos sentimentos, os nossos atos, o nosso caráter, assim como os sentimentos dos outros, os atos dos outros, o caráter dos outros. Um exemplo disso é a criminalidade, as pessoas se prendem em casa, por causa do crime que acontece fora dela. Isso é só mais uma forma de prisão.
Mas o que eu acho que mais aprisiona as pessoas é o medo. É o medo que as impossibilita de fazer as coisas que elas querem fazer, ou até mesmo, que elas devem fazer. O medo torna as pessoas frágeis e inúteis, o medo faz com que as pessoas se voltem pra dentro de si mesmas, e que se tornem pessoas reprimidas, e sem capacidade de assumirem o que realmente são. E isso tem tudo a ver com liberdade. Quando você não tem coragem de se assumir, de fazer as coisas do seu jeito, de falar mais alto, e mostrar sua opinião para o mundo, você está preso. Dentro de si, mas está preso. E pode ter certeza que a prisão da mente, é muito pior que a prisão do corpo.

Não sinta mais medo de ser quem você é, você só vai estar aprisionando isso dentro de si mesmo, até perder isso pra sempre, e virar uma pessoa comum, sem a sua essência. Não importa o que os outros vão dizer, quem te ama de verdade nunca vai te deixar, e quem te deixar, só está provando a todos que é mais uma pessoa sem essência. Pessoas sem essência não tem graça, pessoas sem essência são apenas eternas invejosas de quem possui isso.

2 comentários:

Bruno M. Marcinichen disse...

Me lembra uma musica... "seja você, mesmo que seja estranho, seja você..."
Parabens, texto muito bom!
*-*

freak adri disse...

máscara, da pitty (: que bom que o texto agradou, obrigada *-*