domingo, 12 de setembro de 2010

confusões ;


Acordo de mais um sonho, e o confundo com a realidade. Eu já não sei o que estou vivendo, o que estou sentindo, tudo está tão estranho. Parece que tudo mudou, e ao mesmo tempo continua igual. Existem tantas coisas a se fazer, mas eu não consigo. Algo me cega, me torna fraca pra decidir. Prefiria que o tempo parasse, e que todos os dias fossem domingo a tarde, sozinha em casa, escutando músicas tristes, e procurando por algo pra fazer. Sem o que me faz bem, mas também, sem o que me faz mal. Em um estado vegetativo, é como se a vida não existisse. Esperando que as coisas mudem sozinhas, que elas não dependam das minhas decisões. Se elas continuarem iguais, vou acabar mandando todo mundo se foder, e que acabe isso logo. Só quero minha vida normal de novo, continuo a procurá-la nos meus sonhos.

2 comentários:

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Quando se trata de sonhos costumamos fazer muita confusão... Algo no sentido dessa postagem do Blog destrambelhadas:

http://blog-destrambelhadas.blogspot.com/2010/09/sobre-sonhos-metas-e-prioridades.html

Mas gostei das suas palavras... Elas fluiram com facilidade e convergiram em algum ponto fraco meu, o suficiente para eu clicar em seguir ali do lado. xD

Se tiver tempo, passa no meu blog e me segue tbm:

http://codignolle.blogspot.com

Meu twitter:

http://twitter.com/guicodignolle

o/

Butterflies disse...

Também desejo que os nossos dias fossem iguais ao nossos sonhos, podermos muda-los do nosso gosto, mas a vida não é assim. E ficar parada sem fazer nada, não vai fazer tudo mudar.