sexta-feira, 30 de abril de 2010

Laços

Se me fizessem uma proposta hoje: Mude de cidade, lá você vai ter tudo que você tem aqui, só que numa cidade maior e mais moderna. Você só vai se quiser.
Minha resposta: não.
Mas porque não? Seria tudo tão melhor, você que fica reclamando que sua cidade não tem nada pra fazer, nunca tem as roupas que você quer comprar, não é movimentada, e tals.
Uma justificativa simples: Laços.



Laços, relações, ou simplesmente sentimentos. Você pode chamá-los de qualquer nome, pois no nosso coração eles têm o mesmo significado. Uma coisa que nos faz rir, chorar, sofrer, recusar oportunidades inesquecíveis, mas que são como correntes, que nos prendem, e pronto. E você só os quebra quando é obrigado. Tipo, em caso de mudança, não tem coisa mais triste do que ver um amigo indo embora. Graças a Deus, eu nunca mudei de cidade. Mas com o tempo, vamos crescendo, acaba a escola, e daí a mudança é inevitável. Tenho medo e ansiedade ao mesmo tempo. Fico ansiosa para ver como vai ser, mas tenho medo de quebrar laços para sempre. Pois os laços dentro da famila estão no sangue, então não acabam, mas os laços entre amigos, são os mais difíceis de mânter, e os que mais sentimos falta.
Eu espero não quebrar laços com o tempo, que eles existam, mesmo que sejam fracos, mas não desapareçam. Desejo o mesmo a vocês.
beijos :*

Um comentário:

Victoria*-* disse...

Os laço,os elos entre pessoas que amamos com ceretza é muito mais importante,amei o texto..